terça-feira, 30 de março de 2010

Como Esculpir em Cimento ou concreto



(A peça acima é em cimento)
Geralmente você não esculpe em cimento ou concreto, e sim faz um processo que chamamos de MOLDE PERDIDO:

Você produz uma peça em argila e tira um molde de gesso (este molde é em algumas partes, pelo menos duas), é o que chamamos molde perdido (argila e gesso trabalham bem juntos), pois provavelmente você não se preocupará que tudo no molde tenha "saída", então conforme você tira o original (seu modelo) do molde, a argila vai quebrando. Eu gosto de fazer este molde antes da argila secar totalmente.
Depois você limpa o molde, fecha ele e enche de cimento (cimento e gesso também trabalham muito bem juntos). A mistura do cimento é mais forte que a utilizada em construção, podendo chegar em até 1 de cimento para 1 de areia. Recomendo utilizar o mínimo de agua possível e bater, vibrar a forma para o cimento acentar.
Depois de seco você quebra o gesso, por isso "molde perdido"
A peça de cimento ainda deverá ter um acabamento, sugiro uma nata de cimento = cimento + cola branca, e por último um verniz, existem vernizes especiais para cimento em lojas de construção.
O resultado final fica lindo, é uma excelente forma de finalizar uma escultura com custos muito baixos e inclusive é uma obra que pode ficar no tempo, como um jardim por exemplo.

9 comentários:

Anônimo disse...

Eu gostei muito da técnica do molde perdido, porém, esperava que estivesse algo mais explícito e até algumas fotos deste tipo, como produzi-lo, por exemplo.

Fernando Cardoso disse...

Na postagem PRODUÇÃO DE ESCULTURA, PARTE 1 E 2 (clica em artigos antigos / 2007) tem fotos do processo de molde perdido. Lá ao invés da cópia estar sendo em cimento, está sendo feita em gesso, mas o processo é o mesmo.

Joni Lima disse...

Olá meu nome é Joni Lima e sou escultor, comecei a pouco tempo na verdade e trabalho muito com Fôrma perdida e fundilção em massa plástica. Vou fundir minha primeira escultura em cimento,só que to preocupado com algumas coisas. POr exemplo se devo faze-la oca e se devo usar alguma estrutura dentro da fundição. Outra duvida são as rachaduras, como as evito na minha peça.

Anônimo disse...

Gostei da posiçao da mulher nessa estatua, gostaria de ver ela por traz.

Lula Art disse...

olá, sou Lula Art de Capim Grosso na Bahia, olha,gostei do seu trabalho, vc citou em seu texto que não se esculpe em cimento , pois o meu trabalho é esculpir em cimento sem fôrma alguma, conheça meu trabalho no meu blog, www.lulaart.blogspot.com.br .

Fernando Cardoso disse...

Lula
Que bacana seu trabalho!!! Parabéns!!!!!
Sem dúvida tenho o que aprender com você
Que tal fazer um filminho no you tube para vermos como você trabalha!?
abraço e obrigado pela perticipação

Anônimo disse...

Fernando! boa noite, sou fã de sua arte. Sou um escultor iniciante em cimento e concreto, queria que se possível vc me indicasse algum livro ou apostila que explicasse sobre as técnicas aplicáveis e esses dois elementos, moro no Piauí e não existe nada parecido por aqui.

Fernando Cardoso disse...

Infelizmente não tenho uma indicação.
Recomendo que venha para SP e faça algum curso sobre o assunto, ou pesquise em ramos semelhantes, como tecnicas para fazer vasos de cimento. O processo é bem simples, mas cheio de detalhes técnicos. Você cria em argila, tira forma perdida em gesso. O gesso você vai fazendo parte por parte, com encaixes, para poder abrir e retirar a argila depois (melhor trabalhar com a argila antes de ela secar, e passar vaselina como desmoldante. Depois você monta a forma de gesso, agora oca, cela ela com mais gesso fresco e finalmente preenche com cimento, usando uma formula forte: 1 porção de cimento para 1 de areia e com o mínimo de agua possível. Depois de seco o cimento, você quebra o gesso (por isso chamamos de forma perdida). esse processo funciona tb com forma de silicone . Por fim você faz uma nata de cimento e cola branca para as correções de imperfeições
boa sorte

Anônimo disse...

Existe muita coisa na internet, principalmente no Youtube, e quanto a livros indico o Manual do Escultor, da Gloria Corbetta, que aborda tudo isto que foi dito aqui, com muito mais detalhes, claro, ja que a autora faz parte da Asssociacao Internacional de Escultura e ate cursos na França ela tem e o que eh melhor, eh brasileira. Nao precisa vir para SP, levar isso a serio desencoraja a si mesmo. Tem muitos exemplos na internet em video pra vc desenvolver sua tecnica. Nao de ouvidos a sugestoes que te desencorajam. O mundo tem espaco pra todos.